Avaliação da Formula jr.

Equipe Irineu Racing

A Equipe de Irineu Camargo na minha opinião Reuniu uma bela Dupla de pilotos, Tanto Matheus Rouver como Gabriel Robe tiveram grandes momentos nessa temporada, Foi o time que mais se aproximou da MC Tubarão e de Victor Hugo Matzenbacker, Só que os problemas que ambos os pilotos tiveram impediram que eles pudessem competir em Pé de igualdade com Matzenbacker e a sua equipe MC Tubarão. Mas os números são muito positivos para 2013 na Formula Junior, Foram 5 Vitórias, 4 poles, 18 pódios e tiveram o 3ºlugar no campeonato que ficou com Gabriel Robe e o 4ºlugar com Matheus Rouver.

31. Matheus Rouver

O Piloto Sergipano desconhecido por quase todos mostrou para o mundo todo sua cara na Formula Junior, sendo reconhecido como uma das grandes revelações dessa temporada, Rouver se caracterizou pela regularidade nas corridas, pela Agressividade e Garra nas lutas por posições e pelas belíssimas largadas que ele deu na temporada, Uma delas na 6ªEtapa em Guaporé na segunda Bateria onde ele largou de 6ºlugar para assumir o 2ºlugar. A Sua maior rivalidade foi com o piloto Victor Matzenbacker com quem duelou várias vezes nessa temporada, A Sua única vitória no ano veio no Autódromo do Velopark após belíssima corrida largando em 3ºlugar e indo já para a liderança da corrida ainda na primeira volta e indo até a bandeirada na Frente. Teve problemas em algumas corridas, uma delas acabou sendo com os pneus que acabou prejudicando Rouver em pelo menos 3 corridas na temporada, resultando 1 delas em abandono. No final do ano um acidente forte com o Victor Hugo Matzenbacker acabou fechando o ano do piloto de Aracaju que ficou em 4ºlugar. Nota: 9

Matheus Rouver Equipe: Irineu Racing Vitórias: 1 Pódios: 9
GPS:16 País: Brasil Poles: 0 Pontos: 127

35. Gabriel Robe

O Pelotense da Irineu Racing em termos de velocidade não teve adversários, foram 4 poles no ano e 4 vitórias e uma incrível velocidade que superava até ao campeão Victor Hugo Matzenbacker, Mas teve um adversário que não pode derrotar, a Falta de Sorte, foram 5 quebras na temporada, E isso acabou tirando muitos pontos o que impossibilitou qualquer possibilidade de um campeonato, Uma delas foi em Velopark onde ele liderava a corrida e uma quebra de suspensão a 5 voltas do final acabou por tirar ele da corrida o que prejudicou a segunda corrida também pois ele acabou largando do último lugar. Agora duas vitórias se destacam na temporada de Gabriel Robe, na segunda etapa em Guaporé onde ele venceu com autoridade lutando com Matheus Rouver curva a curva em alguns momentos e tendo Matzenbacker também por perto. Já Em Santa Cruz do Sul Robe manteve a ponta com Autoridade e conquistou uma grande vitória. Na 2 últimas provas da Temporada Robe teve um belo Duelo com Rodrigo Elger onde ele acabou ficando em 2ºlugar em Ambas as Vezes, Robe encerrou o ano em 3ºlugar empatado com Lucas Alves e perdeu o Vice-campeonato por causa do Critério de Desempate do descarte de pontos, Mas tinha e tem potencial para ser campeão da Formula jr. Nota: 9.5

Gabriel Robe Equipe: Irineu Racing Vitórias: 4 Pódios: 9
GPS:16 País: Brasil Poles: 4 Pontos: 158

Giocar Racing

Um time que não mostrou um grande desempenho, apesar do esforço dos seus pilotos, nunca deram um equipamento competitivo o bastante para vencerem corridas, Apenas no começo a temporada na 2ªBateria da primeira etapa em Tarumã com a espetacular corrida de Bruno Samara Lopez e com a esperança da Pole de Bruna Tomaselli no Velopark que se acabaram com o erro da piloto na primeira volta da primeira bateria. De resto o desempenho foi modesto com os pilotos conquistando apenas pódios na temporada. 1 pole, 9 pódios na temporada.

4. Bruno Samara Lopez

Após ficar anos sem competir Bruno Samara mostrou talento, Apesar de erros e acidentes durante a temporada O piloto teve belíssimos momentos, Principalmente em Tarumã onde ele teve uma brilhante atuação ficando em segundo lugar na segunda bateria depois de ter sido desclassificado por ter provocado acidente com Victor Miranda e com uma largada monumental indo de 14º para o 5ºlugar na primeira curva. Ele só correu em 5 etapas, Apesar disso fez 30 pontos e dois pódios e se puder correr em 2014 pode se tornar um dos pilotos que dispute vitórias e que possa Brigar pelo título. Nota: 7

Bruno Samara Lopez Equipe: Giocar Racing Vitórias: 0 Pódios: 2
GPS:10 País: Brasil Poles: 0 Pontos: 30

97. Bruna Tomaselli

Seu primeiro ano no automobilismo de Formula foi respeitável, No começo do ano empolgou com sua velocidade e constância e se imaginaria que ela pudesse chegar a vitória, ela teve a chance de fazer isso no Velopark onde fez sua primeira pole, só que acabou errando na primeira volta da primeira bateria e dai acabou perdendo essa chance, Mas teve uma boa primeira metade de temporada, Mas nas 3 últimas etapa ela não conseguia mais ter boas exibições sendo em várias vezes vencida por pilotos que estavam mais para o final do Grid, Mas mesmo com esse ruim final de temporada deve-se exaltar uma coisa, Ela terminou todas as corridas da temporada entre os 10 primeiros colocados sendo que foram 7 pódios no ano inteiro, Terminou a temporada em uma modesta 7ªposição, precisa se recuperar para 2014 caso queira brigar pelo título da Formula Junior. Nota: 8

Bruna Tomaselli Equipe: Giocar Racing Vitórias: 0 Pódios: 7
GPS:16 País: Brasil Poles: 1 Pontos: 99 (102)

Nafta MotorSport

O Time de Noel Teixeira teve um carro bem competitivo em 2013, proporcionou a seus pilotos condições necessárias para vencer corridas nessa temporada, Para começar o que dizer de terem dado as condições para o Paulista Victor Miranda de conquistar a sua primeira pole da História da Formula Junior, Além de outra pole em Guaporé, nessa com a Dobradinha da equipe Nafta que teve Victor Miranda e Rafael Smaniotto na primeira fila, Nas corridas Victor Miranda teve alguns contra tempos hora com equipamento, Hora com acidentes, Mas conquistou duas vitórias em suas 14 participações na categoria e alcançou bons resultados na temporada. Já Rafael Smaniotto que chegou a disputar 2 Rodadas Duplas pela Kartina Racing se juntou a Nafta Motorsport e evoluiu prova a prova no campeonato conquistando 3 pódios em 5ºlugar, Inclusive na prova Final estava andando junto dos lideres. Na prova final A Equipe colocou o Piloto Guilherme Samaia no Lugar de Victor Miranda que foi para a Formula 3 Sul-americana. Samaia andou muito forte e acabou indo para o pódio na última bateria do Campeonato. A Nafta com todos esses Números acabou tendo 2 Vitórias, 2 poles, 10 pódios e Acabou colocando 2 pilotos entre os 10 primeiros colocados do campeonato: Victor Miranda em 6º e Rafael Smaniotto em 9ºlugar.

53. Victor Miranda

Um piloto que veio de São Paulo e mostrou ser um dos mais rápidos da categoria, já de cara faz a pole position, a primeira da história da Formula Junior, só que suas primeiras conquistas demoraram a acontecer, somente na 3ªEtapa no Velopark Victor Miranda conseguiu sentir o gosto da Vitória, Mas a partir dessa corrida Miranda começou a angariar belos resultados, Mas ainda assim Foi um grande campeonato, Andando sempre entre os primeiros colocados e sempre determinado a vencer, Seus 3 grandes momentos no campeonato foram as vitórias no Velopark, Guaporé na corrida Sob Chuva e na última etapa que ele disputou na 14ªCorrida quando ele se recuperou de forma belíssima largando do último lugar e chegando na Cola de Rodrigo Elger com quem ele correu no Campeonato Paulista de Kart. Acabou deixando de Disputar a 8ªEtapa do campeonato devido a transição para intregar a Formula 3 Sul-americana, Ano que vem ele deve disputar a Formula 3 Brasil. Acabou em 6ºlugar. Nota: 9

Victor Miranda Equipe: Nafta Motorsport Vitórias: 2 Pódios: 7
GPS:14 País: Brasil Poles: 2 Pontos: 104

12. Rafael Smaniotto

O Paranaense de 17 anos teve como marca nesse campeonato foi a evolução corrida a corrida, A cada prova ele teve um desempenho melhor, Nas primeiras corridas correu pela Kartina Racing, Acabou mudando de equipe para a Nafta motorsport, Destaco alguns como a 1ªBateria no Velopark onde ele foi firme para conquistar um 5ºlugar, A Batalha com o Victor Miranda em umas das corridas em Tarumã em Junho, A dobradinha que ele teve com o seu companheiro de equipe em Guaporé e Finalmente na corrida final da temporada ele andando junto com os lideres. Uma mostra que ele ficando na Formula jr. Em 2014 pode ser um piloto a disputar o título, Se o caminho for outro ele pode evoluir corrida a corrida como fez em 2013. Fechou o ano em um honroso 9ºlugar. Nota: 8

Rafael Smaniotto Equipe: Nafta Motorsport/Kratina Racing Vitórias: 0 Pódios: 3
GPS:14 País: Brasil Poles: 0 Pontos: 52

7. Guilherme Samaia

Foi uma grata surpresa, Nem o nome dele foi anunciado pela Organização da Formula Jr. Mas ele veio, andou bem, foi meio afoito a mostrar Serviço, Mas acabou conseguindo um pódio na prova final do campeonato, Se mantiver esse desempenho no ano que vem pode ser até mais um candidato ao Título da Formula jr. (Não posso dar uma nota para ele, ainda não vi o suficiente para isso)

Guilherme Samaia Equipe: Nafta Motorsport Vitórias: 0 Pódios: 1
GPS:2 País: Brasil Poles: 0 Pontos: 10

Quadrado Racing

A equipe do Carro Amarelo trabalhou muito bem nessa temporada, Colocou um carro competitivo para o Pelotense Lucas Alves conquistar 6 pódios em Sequencia nas 10 baterias que Lucas Alves disputou. Foi muito bem, Mas acabou ele indo para a Kartina Racing, A Quadrado só apareceu na corrida final com a Piauiense Palomma Clesia que acabou fazendo uma corrida de Adaptação e correu de Forma correta. Foram 6 pódios e a comprovação de uma equipe que pode relevar talentos para o Automobilismo e ser competitiva para disputar vitórias.

5. Palomma Clesia

Teve sua estreia após 1 ano e meio em competições, sendo uma piloto Indoor Palomma sentiu falta de Ritmo para disputar as primeiras posições, Acabou fazendo um final de semana sem erros, Se adaptando ao carro da Formula Jr. Certamente não deve ter tido nenhum contrato com o Monoposto antes de disputar a última corrida, E o que deu para fazer, dentro do que ela se propôs a fazer ela fez bem. Pelo menos fez bem, Ficando na Formula Jr. Em 2014 ela poderá fazer um bom serviço. (Não posso dar uma nota para ele, ainda não vi o suficiente para isso).

Palomma Clesia Equipe: Quadrado Racing Vitórias: 0 Pódios: 0
GPS:2 País: Brasil Poles: 0 Pontos: 4

Kratina Racing

A Laranja mecânica nessa temporada teve o único piloto estrangeiro que competiu em 2013, Lucas Balbuena do Paraguai que mostrou algum talento e foi rápido em algumas oportunidades, O ano começou com ele e com o Paranaense Rafael Smaniotto que correu nas duas primeiras etapas até trocar de equipe para ficar na Nafta Motorsport, Na primeira metade de temporada foram alguns abandonos e um pódio em 5ºlugar com Lucas Balbuena, Se ausentaram de Santa Cruz do Sul e voltaram na segunda prova de Guaporé com o Rápido Lucas Alves que acabou elevando o nível da equipe e conquistou a vitória na segunda bateria após ótima largada que ele fez. No Final do ano a Kratina Racing deu condições para Alves terminar o ano com o vice-campeonato da Formula jr. Foram 18 corridas, 1 vitória, 1 pole e 6 pódios, uma boa temporada da Locomotiva Laranja.

1. Lucas Balbuena

Único piloto estrangeiro na Formula jr. Balbuena acabou tendo boas atuações na temporada, disputou metade da temporada e justamente na última prova que ele disputou nesse ano conquistou seu melhor resultado que foi o 5ºlugar, mostrou ser rápido por alguns momentos, se correr em 2014 na Formula jr. Pode ir mais longe , pode conquistar pódios e até vitórias e ser um representante do esporte no Paraguai que tem tradição próxima do Zero no mundo do automobilismo. Nota: 7,5.

Lucas Balbuena Equipe: Kratina Racing Vitórias: 0 Pódios: 1
GPS:8 País: Paraguai Poles: 0 Pontos: 18

18. Lucas Alves

Lucas Alves aliou a velocidade a constância, seu campeonato pode não ter chamado tanta atenção como as Temporadas do Matzenbacker, Robe, Rouver, Miranda e Elger, Mas ele foi competente, uma proposta de ser constante e de ser rápido, Algo que não funcionou na primeira etapa onde ele só marcou 1 ponto e acabou provocando um acidente que envolveu Gabriel Robe, Mas a partir de Guaporé na 3ªCorrida Lucas Alves não saiu mais das primeiras posições, e por vezes a vitória escapava das mãos dele. Destaques para a Incrivel recuperação na primeira corrida na 1ªBateria do Velopark de onde ele caiu para o 14ºlugar e acabou a primeira bateria em 2ºlugar. Na Segunda corrida em Tarumã em Junho Alves viu a vitória escapar por alguns metros para Victor Matzenbacker, Mas foram 6 pódios seguidos de Guaporé em Abril até Tarumã em Junho. Nas 5 primeiras rodadas duplas Alves correu pela Quadrado Racing, A Partir de Guaporé em Setembro ele vestiu as cores da Kratina Racing e já na corrida de Estreia ele partiu para a vitória após grande largada. Naquele ponto somente ele poderia evitar o título do Piloto de Passo Fundo, Claro que com 71 pontos de desvantagem não se podia exigir que Alves tirasse o título de Matzenbacker, Na última etapa do Campeonato Alves acabou conquistando a pole position. Alves teve trabalho para segurar o vice-campeonato que acabou sendo conquistado pelo Critério de desempate que foi o número de pontos totais Alves tinha 159 pontos contra 158 de Robe, O pelotense da Kratina Racing teve 1 ponto descartado, mas foi esse pontinho que acabou fazendo dele vice-Campeão da Formula jr. Devera seguir o caminho para a Indy, Ao invés da Formula 1 que esta Ficando Cara demais. NOTA: 9

Lucas Alves Equipe: Quadrado Racing / Kratina Racing Vitórias: 1 Pódios: 11
GPS:16 País: Brasil Poles: 1 Pontos: 158 (159)

Pole Motorsport

A equipe que veio de São Paulo, pelo menos o Comando do time que era do Dragão começou o ano como um time que não chamava a atenção acabou a temporada como uma das melhores equipes do campeonato, Graças as seus dois pilotos que correram na maioria da temporada, Tanto Gustavo Bandeira como Rodrigo Elger lutaram, sofreram com as dificuldades e no final conquistaram belos resultados. Correu na equipe em Guaporé e no Velopark o piloto Franco Pasquale, A partir da Quarta Etapa em Tarumã Pasquale foi para a MC Tubarão e quem entrou foi o piloto Paranaense Rodrigo Elger e logo na Estreia Elger acabou tendo uma capotagem, um péssimo jeito de começar numa equipe, Gustavo Bandeira acabou batendo, Ambos não foram para a segunda Bateria daquele dia. A reação só foi começou na 6ªEtapa onde o piloto Gustavo Bandeira fez belíssima ultrapassagem sobre Lucas Alves e acabou em 3ºlugar e Rodrigo Elger na segunda corrida largando de 10º chegou em 3º. Mas as maiores conquistas foram com Rodrigo Elger que das últimas 4 baterias venceu três delas e completou a temporada em um 5ºlugar que era até setembro algo inimaginável para quem via as corridas ao longo da temporada, Já Gustavo Bandeira devera Seguir o caminho da Europa, correndo na Formula 4 da Inglaterra ou então correr na F4 daqui da América do Sul, acabou o ano em 8ºlugar, Foram 28 Corridas, 3 Vitórias, 11 pódios e colocando 2 pilotos entre os 10 primeiros colocados.

23. Gustavo Bandeira

Um piloto pequeno, mas que andou forte em 2013, Foi o que resumiu a Gustavo Bandeira nessa temporada, Não chamou a atenção de ninguém o piloto que acabou no SKUSA em 6ºlugar em 2011 fez um bom começo de Campeonato, Nas 3 primeiras corridas ficando no pódio em pelo menos 1 das Baterias sendo dois Terceiros lugares (Um em Tarumã e outro no VeloPark). Mas dai aconteceram problemas nas Etapas de Tarumã em Junho e de Santa Cruz do Sul em Agosto que impediram que ele fizesse resultados melhores. Mas a Redenção aconteceu na Chuvosa corrida de Guaporé onde ele fez seu melhor final de semana chegando ao pódio nas duas corridas, inclusive na primeira Bateria onde Bandeira passou Alves e conquistou o 3ºlugar e na segunda corrida terminou em 4ºlugar. Acabou com 7 pódios na temporada após 14 corridas disputadas, Não fez o último final de semana pela preparação que ele vai para a Formula 4 ou da Inglaterra ou então da Formula 4 Sul-Americana. Um Belíssimo ano para Bandeira. NOTA: 8

Gustavo Bandeira Equipe: Pole Motorsport Vitórias: 0 Pódios: 7
GPS:14 País: Brasil Poles: 0 Pontos: 83

34. Rodrigo Elger

Se tem um piloto que foi do céu para o inferno e do inferno foi para o Céu é sem dúvida Rodrigo Elger que começou o ano na MC Tubarão e apesar de ser envolvido em acidentes conseguiu grandes corridas de Recuperação, 3 pódios nas primeiras 3 etapas do Campeonato a se destacar o 5ºlugar na primeira Bateria em Tarumã em Março onde ele acabou sendo atingido em duas ocasiões. Com um campeonato até aquele momento Razoável acabou que a MC Tubarão trocou ele pelo Franco Pasquale e Elger estaria correndo na Pole MotorSport, E dai Elger conheceu o Inferno em Tarumã em Junho, não por que a equipe tratou mal, Mas sim pelo incidente onde ele sofreu um acidente onde ele capotou o carro. Em Santa Cruz do Sul ele acabou não conseguindo largar, Só largou na parte final da corrida só para ganhar quilometragem, A Sua reação começou em Guaporé onde ele foi pódio na segunda Bateria na terceira posição. Mas Foi nas duas últimas corridas em que Elger acabou tendo suas maiores conquistas na Temporada, O piloto acabou quebrando quando estava em 1ºlugar a 4 voltas do final da primeira bateria. A Vitória dele só veio na segunda Bateria da 7ªEtapa onde ele largou de 8º para chegar à vitória após uma batalha com Lucas Alves e principalmente com Victor Miranda, Uma vitória que estava encantada e comemorada com toda a equipe Pole, Já na última corrida Elger só não fez a pole position, Mas acabou vencendo as 2 Baterias, um final apoteótico de temporada onde ele passou de um 8ºlugar para ficar no final do Campeonato em 5ºlugar. Um ótimo ano de um piloto que gostaria que as Equipes da Formula 1.6 aproveitassem esse momento para contratar um piloto que sem dúvida se derem carro para ele será sem dúvida um dos melhores pilotos da Formula 1.6 capas de brigar pelo título. NOTA: 9

Rodrigo Elger Equipe: Pole Motorsport / Mc Tubarão Vitórias: 3 Pódios: 7
GPS:16 País: Brasil Poles: 0 Pontos: 118

Satti Racing

O time de Eduardo Sattinho acabou tendo um ano complicado não pelo esforço dele mais pelo número de pilotos que usou, foram 4, Dois deles estavam tendo um ano bastante promissor apesar do pouco tempo de automobilismo, Eram os pilotos de Uberlândia Vitor Fernandes e Lucas Fernandes, Mas sem apoio dos empresários da Cidade acabaram sendo obrigados a deixarem de disputar o campeonato, Dai Sattinho contou com Bruno Bertoncello por 2 etapas sendo que na primeira etapa em Santa Cruz do Sul Bertoncello deu para a equipe os melhores resultados da temporada sendo 3º na primeira bateria e vencedor da segunda bateria. Mas Em Guaporé com Vários problemas Bertoncello acabou não conseguindo pontuar e acabou indo para Tarumã, Mas vendo problemas com o seu carro acabou deixando de disputar a corrida. Na última etapa a equipe teve Lucas Villela no seu carro que acabou andando muito bem nos treinos, Mas apanhou do carro na corrida, Já tinha visto ele no teste de Julho e deve fazer um bom ano em 2014 caso corra na Formula jr. Foram 22 corridas juntando todos os seus pilotos com 1 vitória e 2 pódios.

Vitor Fernandes

Dentro de sua curta carreira no Automobilismo ele conseguiu fazer corridas decentes, E teve por algumas corridas andando perto de pilotos com mais experiência, Apesar das dificuldades o Piloto mineiro acabou tendo resultados muito dignos, Sem Patrocinadores ele e seu irmão acabaram por deixar a temporada na metade, Se conseguissem continuar eles poderiam muito bem terem chegado a pódios. Espero que ele e seu irmão possam ter patrocinadores para ano que vem. NOTA: 7

Vitor Fernandes Equipe: Satti Racing Vitórias: 0 Pódios: 0
GPS:8 País: Brasil Poles: 0 Pontos: 17

Lucas Fernandes

Lucas também dentro do possível teve um bom desempenho, Apesar de sua experiência de apenas 2 anos no automobilismo acabou fazendo boas corridas assim como o seu irmão Vitor, Infelizmente acabou tendo que sair da categoria por falta de patrocinadores, Também teria possibilidades de conseguir pódios se conseguissem continuar na categoria. Espero que ele possa ter patrocinadores assim como o seu irmão Vitor. NOTA: 7

Lucas Fernandes Equipe: Satti Racing Vitórias: 0 Pódios: 0
GPS:8 País: Brasil Poles: 0 Pontos: 10

Bruno Bertoncello

Ele que veio de uma carreira vitoriosa no Kart acabou entrando na 5ªEtapa em Santa Cruz do Sul e supreendentemente acabou andando muito bem conquistando dois pódios sendo que na segunda corrida ele conquistou a vitória, Seria mais uma atração na Temporada pelo que se viu dele nessa corrida, Mas ai depois em Guaporé Bertoncello acabou tendo problemas e não conseguiu chegar perto do desempenho de Santa Cruz do Sul, Mas foi em Tarumã que Bertoncello acabou desistindo por causa dos problemas com o seu carro e saiu da competição antes mesmo da corrida de Domingo, Uma mostra de descontentamento mais até de uma falta de compromisso com o time que deu a chance dele correr, Infelizmente pois ele pode ser um candidato ao título se ele dedicar pela equipe e ter a paciência para obter bons resultados. NOTA: 7.5

Bruno Bertoncello Equipe: Satti Racing Vitórias: 1 Pódios: 2
GPS:4 País: Brasil Poles: 0 Pontos: 32

Lucas Villela

Esse é o piloto que tem a maior popularidade de todos que disputaram a Formula Júnior nessa temporada, Participou da última etapa da temporada, Fez um treino muito bom fazendo o 3ºtempo, Só que na corrida acabou se atrapalhando e não conseguiu fazer a corrida em que ele planejava, Mas vejo nele um piloto que tem um futuro na Formula jr. E deve entrar na disputa por vitórias em 2014. (Não posso dar uma nota para ele, ainda não vi o suficiente para isso).

Lucas Villela Equipe: Satti Racing Vitórias: 0 Pódios: 0
GPS:2 País: Brasil Poles: 0 Pontos: 5

MC Tubarão

Como uma das equipes mais bem estruturadas do Rio Grande do Sul, e se não do Brasil faz um campeão na Formula jr. Não é nenhuma surpresa, Mas foi um título do trabalho duro e do profissionalismo dessa equipe comandada pelo Carlinhos de Andrade. Tendo um dos pilotos em Formação mais competentes do cenário mundial e com a sorte do Passofundense Victor Hugo Matzenbacker que ganhou 4 corridas em 16 baterias e conseguiu 8 segundos lugares, enquanto seus adversários acabavam tendo problemas em seus carros ou se envolviam em acidente o Piloto do carro 10 foi colecionando Resultados e já tinha na metade do campeonato mais de 50 pontos na frente do Vice-Líder, Passou então a administrar o campeonato e claro, contou com um carro que praticamente não quebrava, Isso se deve ao Trabalho que a MC Tubarão faz em seus carros. A Equipe contou com Rodrigo Elger nas 3 primeiras Etapas trocou de piloto a partir da Etapa de Tarumã em Junho com a Chegada de Franco Pasquale, piloto que veio do automobilismo de terra acabou evoluindo corrida a corrida até conquistar dois pódios nas duas últimas etapas da Temporada. Foram 32 corridas, 4 vitórias, 17 pódios e teve o 1º campeão da História do campeonato Gaúcho da Formula Junior.

10. Victor Hugo Matzenbacker

O Piloto de Passo Fundo foi o piloto dessa temporada, foi o único piloto a ter os 4 componentes fundamentais para vencer um campeonato, 1. Ter uma Grande equipe, 2. Ter um bom carro, 3. Esta com a cabeça focada no seu objetivo, 4. Ter Sorte. Isso Matz teve no campeonato, Foram 13 pódios que acabaram por confirmar o título com 3 baterias de antecedência, 4 vitórias sendo que 2 delas foram na primeira etapa, isso já mostrou o que viria pela Frente, A diferença entre ele e os adversários a partir da 4 etapa só aumentou mais e mais. Matheus Rouver, Gabriel Robe, Victor Miranda e Lucas Alves tentaram rivalizar com ele, Mas acabavam tendo problemas enquanto Victor não teve esses problemas, Um título que pareceu fácil, Mas deve ser duro para um piloto que para ser campeão não poder ir para cima e tentar ganhar todas as corridas, Talvez faltou isso para ele, mais vitórias para não deixar dúvidas desse título. Mas para ano que vem Matz tem as opções da Formula 3 Brasil, Formula 4 e até da Formula 1.6 pelo que foi falado por algumas pessoas. Pra onde ele for será candidato a Vitórias não importa a categoria onde esteja. NOTA: 9.5.

Victor Hugo Matzenbacker Equipe: MC Tubarão Vitórias: 4 Pódios: 13
GPS:16 País: Brasil Poles: 0 Pontos: 205 (206)

78. Franco Pasquale

Piloto da Cidade de Gramado vindo do automobilismo de terra teve um aprendizado difícil, Mas teve bons momentos e se destacou em algumas corridas, começou a disputar o campeonato na segunda etapa do Campeonato em Guaporé pela equipe Pole, Equipe por qual Franco Fez uma bela apresentação na Primeira Bateria no Velopark onde esteve quase a corrida toda entre os 3 primeiros colocados sob piso molhado até perder rendimento e por consequência perder posição até levar ao seu abandono de corrida. Já a partir de Tarumã em Junho Franco foi para a MC Turabão trocando de Lugar com Rodrigo Elger, Acabou tendo dificuldades, Mas deve-se notar a evolução desse piloto que marcou pontos nas 9 baterias finais, Nas Rodadas finais Pasquale andou muito bem e chegou a brigar por posições lá na Frente, Criou uma Rivalidade com a Catarinense Bruna Tomaselli nas rodadas finais do campeonato, Chegou a 2 pódios nas duas corridas finais do campeonato e terminou com um saldo positivo após muita luta, Ano que vem Pasquale vem sem dúvida andando mais na frente e quem sabe pode lutar pelo título dessa temporada de 2014. NOTA: 7,5.

Franco Pasquale Equipe: Pole Motorsport/MC Tubarão Vitórias: 0 Pódios: 2
GPS:14 País: Brasil Poles: 0 Pontos: 51

Fechando essa temporada de 2013 da Formula Junior, Categoria que foi feita para o primeiro passo rumo as grandes categorias de Formula no Brasil e no mundo um clip especial com os melhores momentos da Temporada. São 53 minutos com o que melhor aconteceu nessa temporada, E com uma seleção de músicas escolhidas com musicas Brasileiras e do Rock da melhor qualidade, preferência para o Rock dos anos 80.

Seleção de Músicas:

Gonzaguinha - O que é, O que é
Rolling Stone - Start Me Up
Engenheiros do Hawaii - A Revolta dos Dândis I
Engenheiros do Hawaii - A Revolta dos Dândis II
A HA - The Living Daylights (sondtrack of James Bond) 1987
T Square - Truth
Cyndi Lauper - The Goonies 'R' Good Enough
Vital e sua moto - Paralamas do Sucesso
Delta-Force
George Harrison – Faster
Copacabana Beat – Balança Brasil
PAUL McCARTNEY - Hey Jude

Vídeos tirados do youtube no canal do Michel Duarte

Download do vídeo

Relato das 8 Rodadas duplas da Formula Junior:

Tarumã - Março
Guaporé - Abril
Velopark - Maio
Tarumã – Junho
Santa Cruz do Sul - Agosto
Guaropé - Setembro
Tarumã – Outubro
Tarumã – Novembro

Entrevistas que eu fiz nessa temporada com Pilotos da Formula Junior:

Matheus Rouver
Rodrigo Elger
Gabriel Robe
Vitor Fernandes
Lucas Fernandes

free counters